Portal do Beneficiário

30/03/2022 09:15

Saiba o que causa afta na boca e o que fazer para evitar essas feridas dolorosas

Tempo de leitura: 4,5 minutos

Nessa notícia você verá sobre:

1. O que é afta
2. Quais são as principais causas?
3. Como é feito o diagnóstico?
4. Como curar afta?
5. Como prevenir afta recorrente?
6. Rede credenciada e cobertura odontológica

Quase todo mundo já passou pela experiência de – do nada – surgir uma pequena ferida no interior da boca, que dói e causa desconforto para comer ou falar. A afta, também conhecida por estomatite aftosa, é um problema bucal muito comum que pode afetar pessoas de todas as idades, levando em torno de dez dias para sumir.

A lesão, que pode ser única ou na forma de múltiplas feridas brancas ou amarelas, com contorno vermelho brilhante, costuma aparecer mais na língua e na parte interna das bochechas.

Quais são as principais causas da afta?

As causas ainda não foram cientificamente comprovadas, mas estudos indicam alguns fatores que podem levar uma pessoa a ter essa lesão:

simboloverde_divisor.webp Traumas na boca causados por mordidas, acidentes ou em decorrência de alguma cirurgia bucal

simboloverde_divisor.webp Falta de alguns nutrientes, como a vitamina B12 e o ferro

simboloverde_divisor.webp Ingestão de alimentos ácidos

simboloverde_divisor.webp Fatores psicológicos (como ansiedade e estresse)

simboloverde_divisor.webp Doenças inflamatórias

simboloverde_divisor.webp Doenças que afetam o sistema imunológico

simboloverde_divisor.webp Problemas no sistema digestivo

simboloverde_divisor.webp Alterações hormonais

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito por um dentista, por meio de um exame clínico. Não é necessário nenhum exame de imagem, como radiografias, para diagnosticar a afta.

Existe algum remédio tiro e queda para afta?

Não existe um tratamento padrão para afta, já que ainda não há consenso sobre as causas dessa lesão. Como a afta causa dor e desconforto, algumas pessoas podem se sentir tentadas a buscar formas de curar rápido a lesão por conta própria.

No entanto, lembramos que é muito importante não se automedicar e que, antes de tomar ou usar qualquer produto ou medicamento, é preciso ter a prescrição de um médico ou dentista. E essa recomendação também vale para as aftas: solicite orientação ao seu dentista sobre como aliviar os sintomas das aftas.

Como prevenir a afta?

Ainda não existe uma forma efetiva de se prevenir a estomatite aftosa. Mas algumas mudanças de hábito podem ajudar a evitar a afta recorrente, como:

simboloverde_divisor.webp Fazer uma boa higiene bucal

simboloverde_divisor.webp Evitar o consumo de alimentos muito ácidos

simboloverde_divisor.webp Ter uma alimentação saudável e equilibrada

simboloverde_divisor.webp Ingerir alimentos que são fontes das vitaminas do complexo B e de ferro

simboloverde_divisor.webp Tratar eventuais problemas gastrointestinais

simboloverde_divisor.webp Fortalecer o sistema imunológico

simboloverde_divisor.webp Evitar situações estressantes

simboloverde_divisor.webp E, mais importante, procurar um dentista para investigar e tratar a causa desse problema

Credenciados e cobertura

Com afta ou sem afta, ressaltamos a extrema importância de ir ao dentista regularmente. Para isso, conte com nossa rede credenciada odontológica, um dos diferenciais do nosso plano. Encontre aqui o dentista mais perto de você. Se preferir, faça a busca no app Saúde Petrobras.

Já conhece nossas cartilhas odontológicas? Uma delas explica mais detalhadamente a cobertura odontológica, enquanto outras duas reúnem orientações para a saúde bucal de gestantes e bebês.

Ver todas as notícias
Whatsapp