Portal do Beneficiário

06/04/2021 17:42

Dia Mundial da Saúde: histórias de quem conquistou mais qualidade de vida durante a pandemia

Distanciamento social. Home office. Medidas que países e empresas do mundo todo adotaram para conter o avanço da Covid-19. Passamos mais tempo em casa e, longe da correria do dia a dia e com horários mais flexíveis, muitas pessoas enxergaram nisso uma oportunidade para cuidar bem da saúde, tanto física quanto mental. Sem segredo para começar: apenas escolheram qualquer atividade que encaixava nas suas rotinas. O resultado? Com a mudança de hábitos conquistaram uma melhor qualidade de vida. E é com esses relatos que esperamos inspirar mais pessoas a cuidar do bem-estar físico e mental neste Dia Mundial da Saúde (07/04).

Esse foi o caso do influenciador Bernardo Serpa, que há sete meses decidiu aprender a pular corda. Com uma rotina de trabalho que o deixava com poucos minutos para se dedicar a exercícios, Bernardo se preocupava com a possibilidade de um risco maior em caso de Covid-19 devido ao seu estado de saúde. “A corda foi uma alternativa que me permitiu conciliar a minha falta de tempo com uma atividade física, me mantendo em casa e tomando todos os cuidados necessários”, diz.

O ato de pular corda trouxe muito mais do que os benefícios físicos para Serpa: essa ação provocou uma imensa mudança em sua vida. “Em sete meses, eu perdi 25 kg, reajustei a minha alimentação com acompanhamento nutricional, regulei o meu sono e mudei de emprego. O bem-estar e o progresso que eu consegui por meio da corda, como redescobrir que eu era capaz de avançar nas atividades que me propunha a fazer, me ajudou muito a retomar as rédeas da minha própria vida”, relata. Hoje, para o advogado, pular corda é sinônimo de bem-estar tanto para seu físico quanto para seu espírito, e se tornou o momento do dia em que ele faz algo que o faz feliz.

O mesmo sentimento também ocorre na vida de Lilian Rossetto, administradora que passou a ter aulas virtuais com um personal trainer há 11 meses. Segundo Lilian, a pandemia trouxe a consciência de que ela precisava cuidar mais de si. A situação também fez com que a gerente priorizasse ainda mais o tempo com a família, especialmente com a sua filha Luiza, de 13 anos. “Hoje, já não faço as aulas mais sozinha, ela faz comigo. E isso está sendo muito gostoso, pois está aproximando a nossa relação. É um momento meu e dela que me dá muito prazer”, comenta. Atualmente, Lilian se exercita três vezes por semana e passou a se alimentar e dormir melhor. Como resultado, ela perdeu 14 kg e baixou seu percentual de gordura corporal para 22%.

O último relato é do jornalista e escritor Marcos Lessa. Apaixonado por ler e escrever crônicas desde menino, ele resolveu retomar o hábito com mais assiduidade na pandemia, associando seu gosto pelo gênero com a promoção da leitura. E assim nasceu o Situação Crônica, um projeto de curadoria com dicas, curiosidades e novidades, além de uma newsletter semanal e, muito em breve, um podcast sobre a biografia de grandes cronistas brasileiros. Mais do que conseguir voltar a escrever regularmente, seu propósito com a iniciativa é o de proporcionar algo maior aos seus leitores. “Eu quero oferecer algo que a crônica de jornal também oferece e que cabe para este momento de pandemia, que é um respiro”, explica.

Para Lessa, ter voltado a escrever regularmente foi ótimo para sua saúde mental e emocional, e que tem sido um prazer oferecer algo que é, particularmente, muito especial, e que ele se esmera para entregar o melhor possível aos leitores. “Em dias mais pesados, quando escrevo ou produzo algo relacionado ao projeto, é um momento em que tudo fica em suspenso. Nessa hora eu não vejo o tempo passar e me sinto muito bem e energizado. E eu quero levar isso às pessoas para que elas se sintam bem e consigam levar melhor a realidade que estamos vivendo agora”, finaliza.

Nestes tempos difíceis, mesmo dentro de casa, praticar uma atividade ou hobby que promova bem-estar é possível e, principalmente, necessário. A pergunta que fica é: o que nós podemos fazer pela nossa saúde, para ganhar mais qualidade de vida?

Ver todas as notícias
Whatsapp