Portal do Beneficiário Área do Credenciado

15/06/2023 08:00

4 dicas para prevenir problemas bucais e melhorar a qualidade de vida dos idosos

Você já ouviu falar que é normal perder os dentes na terceira idade? Embora o desgaste dos dentes, as cáries e as doenças periodontais sejam uma tendência do processo de envelhecimento, é importante esclarecer que essas condições não são uma regra. Pelo contrário: com os devidos cuidados é possível ter dentes saudáveis em todas as fases da vida.

O problema é que nem sempre as pessoas percebem como a falta de atenção à boca e aos dentes pode afetar o idoso, causando, por exemplo, dificuldades de mastigação e na fala. Por isso, assim como os cuidados médicos, o atendimento odontológico também é importante e deve estar direcionado à prevenção de doenças e melhoria da qualidade de vida na terceira idade.

Confira quatro dicas para prevenir os problemas bucais nos idosos:

1) Manter uma alimentação saudável

 img-1.jpg

Esse é um hábito que deve ser adotado em todas as fases da vida. Para garantir a força e a saúde dos dentes, é importante incluir no cardápio alimentos ricos em fibras e grãos, além de legumes e verduras variados. Também é importante evitar alimentos açucarados, que provocam cáries, e ficar de olho no excesso de farináceos, que dificultam a limpeza.

2) Redobrar os cuidados com a higienização

 img-2.jpg

A recomendação é escovar os dentes após todas as refeições, com um creme dental que contenha flúor, e usar fio dental todos os dias. Em caso de muita sensibilidade, procure usar um creme dental apropriado e consulte o dentista se o problema persistir. As próteses também exigem cuidados especiais, como higiene adequada e acompanhamento recorrente com o dentista, pelo menos uma vez por ano.

3) Ficar atento à hidratação

 img-3.jpg

A boca seca é um questionamento frequente dos idosos e pode estar relacionada ao uso de alguns medicamentos ou a algum distúrbio da saúde. Procure seu dentista para um correto tratamento, evitando prejuízos ao seu dente, e converse com o seu médico para avaliar o aumento de ingestão de água, a fim de estimular a salivação – a saliva protege o esmalte dos dentes e auxilia no processo de autolimpeza bucal.

4) Manter em dia as consultas com o dentista

 img-4.jpg

O acompanhamento odontológico é fundamental para prevenir os problemas bucais nos idosos, já que as consultas periódicas garantem o diagnóstico e o tratamento precoce de doenças gengivais, condição que pode ser agravada pelo uso de alguns medicamentos e doenças sistêmicas, como diabetes, enfermidades cardíacas e câncer.

Se você ainda não tem um dentista para cuidar da sua saúde bucal, consulte nossa ferramenta de busca rede credenciada e encontre o profissional ou clínica odontológica mais perto de você.

Ver todas as notícias
Whatsapp

Inscreva-se para receber notificações!

Quer receber as últimas notícias da Saúde Petrobras?