Portal do Beneficiário

13/10/2020 08:57

Como manter as crianças saudáveis no isolamento social

Insira um título aqui

Este ano crianças de todo o Brasil passaram a ficar mais tempo em casa e a se exercitar menos. Para incentivar as crianças da AMS a se movimentarem, neste dia dedicado a elas, entrevistamos os profissionais de educação física Douglas Dimas e Luisa Rodrigues, sócios-fundadores da Kinder - Academia da Criança, que inova no conceito de atividade esportiva infantil no Rio de Janeiro. Os especialistas ressaltaram a importância da prática de exercícios físicos, principalmente neste período de distanciamento, para a saúde dos pequenos. Os dois ainda participaram de um vídeo especial em que ensinam atividades simples e divertidas para a garotada fazer em casa e se manter ativa e saudável.

Qual é a idade mínima recomendada para iniciar a prática de exercícios com crianças?

A prática de atividades com crianças pode ser estimulada a partir dos seis meses de idade, como, por exemplo, uma ambientação no meio aquático. Quanto mais cedo a criança é introduzida a uma atividade física, melhores são os benefícios a longo prazo.

Quais benefícios a atividade física durante a infância pode gerar?

A atividade física trabalha diversas habilidades, tais como: força, sensibilidade, socialização, disciplina, entre outros benefícios proporcionados pelos esportes. O aspecto mais importante da prática da atividade física desde a infância é que ela vai se tornar um hábito que poderá ser mantido na vida adulta, pois a criança crescerá tendo prazer em realizá-la regularmente. Esse estímulo é indispensável durante a fase de desenvolvimento e formação, e fundamental para o resto da vida.

Quais cuidados devem ser tomados durante uma atividade/exercício com crianças?

É preciso focar em qualidade e segurança. Qualidade no sentido de prestar atenção na execução do movimento que a criança está realizando, para que ela não faça errado algo que possa vir a causar alguma lesão no futuro. O acompanhamento é primordial, assim como a segurança, pois a criança, em um piscar de olhos, pode acabar nos surpreendendo. Então, o ambiente precisa ser controlado e seguro para que as crianças possam se desenvolver plenamente.

De acordo com o IBGE, uma em cada três crianças, dos cinco aos nove anos, está acima do peso ideal no Brasil. Quais causas podem estar contribuindo para esse cenário?

Hoje em dia as brincadeiras têm se tornado cada vez mais digitais e voltadas para os smartphones e computadores. Essa tendência tem contribuído para a má postura, a obesidade e a pouca atividade física entre as crianças. Ainda mais neste momento de pandemia, no qual muitas delas ainda não conseguem sair para praticar exercícios e brincar com os amigos do condomínio ou da rua onde moram. Em paralelo, também há a questão da alimentação. Dificilmente as crianças escolhem o que vão comer. Os responsáveis colocam a comida no prato e elas comem. Se oferecerem bife com batatas fritas e chocolate de sobremesa todos os dias, por exemplo, elas irão aceitar. Portanto, cabe aos adultos o papel de fazer uma filtragem dos alimentos.

Que hábitos podem ser evitados ou controlados para que a criança tenha um desenvolvimento saudável e próspero?

Hoje, o uso excessivo de smartphones como passatempo tem se mostrado prejudicial. Para se divertirem e gastarem energia, a melhor escolha para as crianças é a realização de brincadeiras como pular corda, pique-pega e correr com os amigos ao invés de usarem smartphones e videogames como formas de entretenimento. É essencial que esses hábitos sejam controlados nessa fase e, principalmente, durante esta época de isolamento social.

Ver todas as notícias
Whatsapp